Empréstimos Myrian

Crédito consignado: Quando ele pode te ajudar a quitar as dívidas?

 

Quando o governo criou o crédito consignado, em 2003, fez a alegria de muita gente. Essa modalidade permite que o banco desconte as parcelas do empréstimo diretamente do contracheque do funcionário. Como não há risco de calote, as taxas de juros não passam de 2,5% ao mês. Cada empresa pode criar regras específicas para conceder o crédito, mas a lei determina que o valor do empréstimo não ultrapasse 30% do salário. Com juros baixos e facilidades para conseguir o financiamento, muitos trabalhadores recorrem ao dinheiro do consignado para pagar outras dívidas.
 
No levantamento realizado pelos professores Ricardo Rochman e William Eid Júnior, os profissionais mais endividados tinham comprometido, em média, até 20% do salário com esse tipo de crédito.
 
Lição 8
Antes de contratar um empréstimo com taxas de juro baixas, como o crédito consignado, e usar o dinheiro para pagar outro financiamento que tem juro mais alto, é recomendável que você descubra qual é o seu nível de endividamento.
 
Lição 9
Há dois tipos de dívidas: a operacional e a financeira. No endividamento operacional, as despesas são muito maiores do que a receita. Se você ganha 5 000 reais, provavelmente pode ter despesas de 6 000 ou 7 000 reais. “Neste caso, é só ajustar as contas, descobrir o que é supérfluo e cortar gastos. Ou então aumentar a receita com trabalhos extras”, diz Ricardo Fairbanks, consultor da Dinheiro em Foco. 
 
Lição 10
No endividamento financeiro, o salário pode ser suficiente para pagar as despesas, mas a pessoa tem um gasto com juros que deixa a conta-corrente no negativo. Esse tipo de dívida é comum quando se está usando o limite do cheque especial ou pagando juros do cartão de crédito.
 
Lição 11
Solucionar o endividamento operacional é mais complicado. “É preciso renegociar com o banco, financeira ou credor e pedir novos prazos e taxas de juro. Não se sinta inferiorizado ao negociar com seu gerente. Ele está lá justamente para atender às suas necessidades”, diz Ricardo Fairbanks.
 
Chrystiane Silva 17/10/2011 – Revista VOCÊSA
 
MYRIANCRED
Copyright 2011. Todos os direitos reservados
Desenvolvimento
G-Target